sábado, 29 de abril de 2017

My biggest craft (until now)

Olá Olá!!

Ao tempo que não escrevo nada que não tenha a haver com trabalho de faculdade! Mas mesmo assim arranjei tempo (sabe lá Deus como) para realizar este trabalho importante!
Há muito tempo que tinha esta ideia em mente, e há muito tempo que vinha coleccionando os materiais necessários para a construção, para que assim o resultado final não parecesse algo feito às três pancadas (como vi em alguns exemplos no Pinterest). Sim, um bom planeamento é essencial para estas coisas, para evitar desperdício de tempo e material.
Como dá para perceber, fiz um closet! e foram várias as etapas realizadas e dedos colados para então chegar ao produto final.
- Primeiro o tipo de closet que é, por ter de caber lá dentro bonecas e várias outros acessórios e possivelmente ser transportável, tinha de ser estável e amplo, sendo um caixa de papelão grande um bom suporte, o resto foi como deu jeito (mais ou menos) ;D
A caixa que utilizei mede 51x32x34.
Depois decidi forrar a caixa com papel e cola branca, não sei bem porquê mas apeteceu então fiz.


Depois veio a parte mais chata... fazer contas... Medi a caixa e fiz vários esboços tendo em conta as medidas de uma Barbie (contando com o stand) e como queria os módulos (só com prateleiras, com gavetas e prateleiras, só gavetas etc...) e fui desenhando tudo em folhas recortadas à escala e trançando as linhas nas medidas corretas. Facilitou muito numerar os módulos e dentro de cada módulo numerar as peças que ia utilizar.

A seguir fiz mais uma base para segurar todos os módulos e dar um pouco de altura ao closet, por isso usei dois pedaços de cartão e cobri com papel branco. Se quisesse os módulos de outra cor utilizaria papel de outra cor ou com padrões, também iria ficar muito giro.
Depois de fazer algumas vezes este tipo de crafts, percebi que o acabamento fica muito melhor e mais limpo quando forrado com papel (uso sempre papel de impressora) do que pintar.

Eis como eventualmente ficou o chão do meu quarto (visto que não tenho outro espaço melhor e maior para realizar um trabalho desta dimensão).


As peças na vertical, como serviram de pilares para sustentar toda a estrutura tive a atenção de utilizar um cartão mais forte, eu utilizei a caixa de um pc (soube que um tipo de cartão é mais seguro quando não dá para cortar com uma tesoura normal!)  para as restantes peças utilizei caixas de sapatos e caixas dos correios (que dá para cortar com tesouras normais ahah)
Cada peça que iria ser utilizada para prateleiras e gavetas foi coberta com papel à parte e individualmente. Feito isto foi só montar o "puzzle" seguindo o esboço.
Deu jeito também utilizar mais quantidade de cola na parte de trás e por baixo das peças para que não ficasse visível os pedaços de cola quente.


Chegando à 3º foto anterior, podia muito bem ter deixado o módulo assim, mas parecia-me incompleto e pouco firme, por isso fui em frente e encaixei esta parte na caixa que já tinha preparado, que graças aos meus cálculos precisos encaixou que nem uma luva.
Fazer o chão foi muito satisfatório! colar pauzinhos de gelado formando o padrão típico de um chão de madeira é muito giro de ver e sentir, ficou um acabamento perfeito sem ter que envernizar ou passar cola branca por cima.

Um erro de percurso foi algumas das prateleiras terem ficado todas tortas! é preciso muita perícia a utilizar cola quente, quando seca já não há nada a fazer e isso foi o maior desastre. Felizmente resolvi o assunto utilizando um truque de ilusão: colei a frente das prateleiras barrinhas de cartão cobertas de papel de forma a disfarçar o que ficou torto. Dá para ver na 3º foto a baixo.














Como na verdade já tenho o closet feito a mais tempo já tive tempo de o rechear e estudar o que ficaria onde. Fica aqui alguns retratos do resultado final. Que vos inspire!




















Dicas possivelmente (in)úteis:


-Escolher uma caixa quase nova ou nova e evitar caixas já com muitos vincos e desgastadas.
-Medir sempre a boneca antes de cortar as abas da caixa (estas podem ser usadas para dar mais altura ao móvel)
-Procurar inspiração não só em imagens de closets construídos para bonecas mas também closets reais.
- Closets (ou qualquer outra construção) só com duas paredes ou em forma de meio pentágono permite que entre mais luz (o que dá jeito para fotografias).
-Ter cuidado com tesouras ou qualquer outro produto adquirido nos chineses (falo por experiência própria).
-Ao medir qualquer coisa ter sempre em conta uma pequena margem de erro tendo em conta a grossura do material utilizado.
-Em caso de incerteza nas cores, apostar no branco!
-Utilizar os acessórios para medir os espaços entre as prateleiras e gavetas.
-Cola quente resolve (quase) tudo.
-Utilizar um esquadro para garantir que as esquinas têm 90º.
-Reutilizar pedaços/sobras de cartão para pormenores, pequenas prateleiras ou até disfarçar coisas que ficaram tortas.
-Pauzinhos de espetada são bons varões para os cabides, para acabamentos em balcões e/ou prateleiras e para fazer com que as prateleiras deslizem.
-Utilizar tecidos aleatórios nas prateleiras superiores para parecer lençóis ou cobertores e dar a ilusão de espaço cheio.
-Utilizar o crochet da mãe como tapete.
-Não utilizar as gavetas para armazenar muitos acessórios (dá muito trabalho abrir as gavetas sem que nada caia e são espaços muito pequenos e tornam-se frágeis devido ao esforço de estar sempre a abrir e a fechar)

Até uma próxima!

Sigam-me no Insta @addiction_dolls

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Extreme Makeover!

Olá a todas e a todos!


Tenho tantos "makeovers" para fazer que nem sei por onde começar!
Esta menina de que venho hoje falar foi das primeiras que adotei (já adotei 8 depois desta, ou seja tenho 8 extreme makeovers para fazer!)
Entretanto, apesar de muitos esforços, não consegui identifica-la por isso chamei-a de Mandy. O vestido dela também não sei a quem pertence mas veio da mesma casa, por isso às tantas é dela e nem sei . É tudo um ponto de interrogação em relação a ela.
Só sei que estava num estado... bem usado, e para ajudar o pescoço dela apresenta sinais de "fraqueza", por isso, todo o cuidado foi pouco para não decapitar a rapariga sem querer.
Nó inicio apenas lavei o cabelo, tirei os nós e deixei o cabelo normal, mas não ficou muito bom de se ver e decidi tentar novamente o truque das palhinhas.
Aqui vai o processo todo. (tirar fotos com as mãos molhadas faz com que fiquem desfocadas, aprendam que não duro sempre).



Dois dias e meio depois....


Mais uma vês, nos chineses encontra-se coisas muito interessantes. Refiro-me aos elásticos, é claro, o resto do set que vão ver nas fotos são relíquias de infância!

Quem souber que boneca é esta, e a quem pertence o vestido que me diga nos comentários, no facebook ou instangram. 
Sim!! agora o blog tem instangram, sigam: addiction_doll 











Obrigada por visitarem! e já agora, para quem está no pc, selecionem em baixo a reação que vós parece mais adequada para esta publicação ;)

Até uma próxima!

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Experiência #3



Olá!

Como forma de despedida deste mês de janeiro... bora partilhar mais uma brincadeira.
Na sequência da minha primeira experiência, que consistia num pequeno quartinho com uma estante e uma mesa para uma Polly, decidi aumentar a escala e fazer uma estante para albergar todos os livros, para a bonecas que fiz numa experiência anterior, e mais algumas bugigangas.

 E a ideia surgiu facilmente, bastou achar uma tampa de caixa de sapatos ideal e utilizar cartão (utilizei de caixas dos CTT) para fazer algumas prateleiras. Porém para bater tudo certo na hora de colar, convém fazer umas medidas e riscar a lápis na tampa os locais onde vão estar as prateleiras (ajuda imenso).
Ainda pensei em pintar a caixa de outra cor para não se notar tanto que é uma caixa... mas como podia correr mal decidi nao arriscar e deixar assim sem qualquer pintura, No entanto com certeza tentarei fazer novamente com outra cor e estilo diferente.
Aqui ficam algumas das fases da construção da estante:


AH! e ainda tive a maravilhosa ideia de utilizar fitas coloridas para suavizar as extremidades das prateleiras e assim esconder o interior do cartão.


Relativamente às bugigangas, ainda não tenho livros que encham isto tudo, por isso fui buscar umas coisinhas antigas da Barbie e ainda fiz um vazo de flores com "aquelas coisinhas de fazer colares" que encontrei nos chineses e outras coisas que encontrei pra lá (ah! chineses... que seria de mim sem eles ahah)

Acho que ficou muito engraçado! dá para fazer um jardim de inverno inteiro com isto (olha! outra ideia). Também, para conseguir mais estabilidade para que o vazo não caia/vire/tombe facilmente, fiz uma base com cola quente e dedos queimados xD

E por fim, o "teatrinho" do costume. Que vos inspire! 









 Até à próxima!